Esta propaganda foi lançada ontem, e eu descobri hoje por conta de um amigo que me marcou em uma publicação no Facebook.

Assumir o erro e corrigir, uma ótima maneira de demonstrar transparência e que se preocupa com cliente. Essa foi a sacada do “novo novo halls mini”.

Bacana né? Mas uma estratégia parecida foi utilizada por uma das marcas mais famosas do universo publicitário. A Coca-Cola!

Há trinta anos, a Coca-Cola cometeu o maior “erro” de sua história quando mudou a fórmula clássica da bebida para a New Coke, que foi um fracasso total. Cerca de 99% do feedback foi negativo. As vendas obviamente caíram e os consumidores pediram a velha formula de volta.

411-620x836

Neste momento, a Pepsi estava no trono, segura de que tinha ganhado a batalha das “colas” mas a alegria durou pouco. Após 3 meses a Coca trouxe novamente seu produto original de volta as prateleiras, e passou a se chamar Coke Classic. A New Coke foi mantida como uma extensão da linha, eles não iriam assumir o fracasso.

Há inúmeras especulações de que o ocorrido foi pura estratégia, mas só saberemos a verdade se um dia a própria Coca assumir.

Sem querer (ou não) a estratégia do Halls é bem semelhante né?

O QUE APRENDEMOS COM ESSE CASO?

Primeiro, não faça uma estratégia tão parecida com de uma marca famosa demais, você pode ser comparado.

Segundo, esse acontecimento é uma prova de que nem sempre as pesquisas conseguem determinar o que realmente vai acontecer no mercado. É preciso ter cautela para fazer mudanças tão significativas em produtos que têm uma grande lista de consumidores “apaixonados pelo produto” como a Coca.

Créditos da inspiração para escrever o post: Meu amigo Rodrigo Nogueira (ele foi quem me mostrou a propaganda)